Carlezzo Advogados

Notícias

29/08/2017

CAS mantém punição da Fifa à Bolívia, e Argentina continua em quinto

"Maior sessão da história" do Tribunal beneficia Chile, que segue à frente dos hermanos, e Peru

 

Por Daniel Mundim – Globo Esporte

 

O Tribunal Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) anunciou que manteve a punição da Fifa à Bolívia nesta terça-feira. Dessa forma, a Argentina continua na quinta colocação nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo, já que o quarto Chile foi beneficiado com a decisão. A AFA (Associação de Futebol Argentino) não se pronuncia por enquanto, mas Eduardo Carlezzo, advogado brasileiro que representa o Chile, confirmou a decisão, na qual definiu como histórica.

- Fui notificado esta manhã sobre a decisão do CAS, e o Tribunal confirmou a nossa tese, mantendo as decisões da FIFA, e confirmando a vitória do Chile por 3x0 contra a Bolívia pela escalação irregular do jogador Nelson Cabrera. Trata-se de uma decisão histórica do Tribunal, em um dos casos mais importantes relativos as Eliminatórias, pois 8 federações, mais a FIFA, envolveram-se no processo.

A "maior sessão da história" do CAS aconteceu no início de julho em Lausanne, na Suíça. Na ocasião, a Bolívia apresentou um recurso no qual tentava reverter uma punição aplicada pela Fifa que lhe tirou quatro pontos nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 devido à escalação irregular do zagueiro Nelson Cabrera. Ele é paraguaio naturalizado boliviano, mas não cumpria a exigência de ter morado por pelo menos cinco anos seguidos no país (chegou ao Bolívar em 2013).

A sessão foi chamada no Tribunal de "a maior da história" porque dela participaram nada menos do que nove partes – oito federações nacionais de futebol e a Fifa. Além da Bolívia, que move a ação, foram ouvidos representantes de Argentina, Uruguai, Equador, Colômbia e Paraguai, que defenderam os bolivianos e são contra a perda de pontos.

Também participaram Chile e Peru, que são favoráveis à manutenção da punição da Fifa. Ambos foram favorecidos com a decisão fora dos gramados e agraciados com vitórias por 3 a 0. Os chilenos tinham empatado em 0 a 0 em casa, enquanto os peruanos tinham perdido por 2 a 0.

Só não participaram o Brasil, que lidera a disputa com folga e já tem vaga garantida na Copa da Rússia, e a Venezuela, que está em último lugar e não tem mais chances de classificação. O CAS é a última instância da Justiça Desportiva – não há possibilidade de outros recursos possíveis. As decisões do CAS são tomadas por câmaras formadas por três juízes.


http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/eliminatorias-america-do-sul/noticia/cas-mantem-punicao-da-fifa-a-bolivia-e-argentina-continua-em-quinto.ghtml

« voltar